Próxima parada: Urubici – SC.

Pedra furada ótimo
Urubici: breve história
Urubici é um termo de origem indígena, que significa: uru= pássaro e Bici= liso, lustroso.
Segundo historiadores, o ano de 1711 é data base para o surgimento de Urubici, quando D. João V ordenou que os jesuítas procurassem minas e catequizassem os índios até o Rio Caçadores. Conta-se que a região era pródiga em ouro e que grande porção dele foi enterrada nas rochas pelos jesuítas. Os índios, na maioria tupi-guarani (xoclengues) foram expulsos, mas vestígios de sua civilização ainda podem ser encontrados nas inscrições rupestres espalhadas por todo o território. Urubici registrava um pinheiral espantoso, um “mar de pinheiros”, e alguns banhados, com sumidouros de animais e pessoas não orientadas. Em 1924, sabendo da fertilidade no solo do vale do Rio Canoas, chegaram, à região, imigrantes italianos, alemães e letões, que tornaram, a agricultura e pecuária, as principais atividades econômicas da região. Localizada nas montanhas da Serra Catarinense, região com altitudes próximas aos 1 800 metros, Urubici registra as temperaturas mais baixas do Brasil. Foram os fazendeiros da região que criaram o turismo rural, adaptando suas fazendas centenárias para receber hóspedes. A exuberante paisagem de suas montanhas, principalmente na região ao redor da Serra do Corvo Branco, que inclui duas extensas áreas de natureza intocada: O Parque Nacional de São Joaquim e o Campo dos Padres, bem como o Cânion do Espraiado, atraem centenas de visitantes, todos os anos. Posto para vocês algumas fotos desta viagem fantástica. Como bem dizem, imagens valem mais do que palavras…Venham aproveitar comigo este passeio! (Lud)

Urubici, carro
Pedra Furada
O Morro da Igreja é o ponto habitado mais alto do Sul do Brasil (1.882 m) A subida é por estrada asfaltada, mas antes é preciso pedir permissão ao Ibama, pois há limite de carros para visitação por dia. A permissão é obtida sem qualquer burocracia e sem custo. A Área pertence à Aeronáutica. Do alto do morro se tem uma visão privilegiada da Pedra Furada, e, se o dia for claro, pode-se enxergar o mar, a mais de 100 km dali.

Urubici morro da Igreja 4
Urubici Parque São Joaquim
20140414_121438
Urubici Morro da igreja
mapa No meio do caminho para o Morro da Igreja, está a Cascata Véu de Noiva, com 62 metros de queda. A água desliza suavemente por grandes rochedos. Ela encontra-se em propriedade particular, que cobra uma pequena quantia para a entrada dos visitantes.
Urubici Cachoeira Veu de Noiva
Outra atração, que, aliás, foi a que mais me impressionou de todo o passeio, foi a descida de Urubici a Grão Pará pela lendária estrada da Serra do Corvo Branco. Grão-Pará possui uma conexão muito forte com a história imperial. As terras do município foram dadas como presente de casamento para a princesa Isabel e o Conde D’ Eu. Antes, essas mesmas terras eram habitadas pelos índios botocudos, chamados de “bugres” pelos colonos da época. Um dos pontos mais característicos da estrada é a garganta, onde ela se inicia e corta dois paradões de pedra paralelos, com cerca de 90m cada. O trecho é considerado o maior corte em rocha arenítica do Brasil. Do lado esquerdo o paredão é úmido e do lado direito é seco. Isso se justifica por causa da inclinação leste-oeste do Arenito Botucatu, que forma o Aquífero Guarani. As curvas fechadíssimas, a pequena largura da estrada mal pavimentada, o tamanho gigantesco das rochas de bazalto, deram-lhe a fama de ser a mais temível de todo o Brasil. A Serra do Corvo Branco foi a primeira estrada a ligar o Litoral à Serra de Santa Catarina e tem formação rochosa de 160 milhões de anos. Caminhos secretos abertos na mata levavam os índios da serra ao litoral. Mais tarde, as mulas dos tropeiros também viajaram pelos perigosos desfiladeiros, deixando homens e animais mortos nos precipícios. Segundo se conta, a estrada foi aberta a dinamite e picareta pelos habitantes que não possuíam saída para fazer escoar sua produção agrícola.
Urubici Corvo Branco, informação
Urubici Serra do Corvo Branco
Urubici Serra do Corvo Branco 2
Urubici Serra do Coirvo Branco 3
Urubici Serra do Corvo descida
Urubici Serra flor4
Urubici Serra flor3
Urubici Serra com flor
Serra Corvo Branco com Megane
Serra do Corvo Branco da Net
Urubici Serra do Corvo Branco 3
Serra Corvo Branco 5
Serra do Corvo Branco 1
A seguir, publicarei nosso passeio às Cavernas do Rio dos Bugres, à Gruta de N.Senhora de Lourdes e mostrarei as interessantes inscrições rupestres no Morro do Avencal, onde há também uma incrível Cachoeira.Tudo isto em Urubici. Sigam comigo! Ludmila

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    Um pensamento sobre “Próxima parada: Urubici – SC.

    1. Ludmila, estava fazendo trabalho escolar com meu filho, fazíamos uma pesquisa sobre o arroio do Chuí, quando tive a doce surpresa de encontrar o seu blog.
      Nosso país é realmente encantador, o Sul do país então, com belezas naturais de primeira grandeza, que não existem em outros lugares. Obrigado pelos bons momentos que me proporcionou enquanto curtia seus roteiros de viagens.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>