Conto Mínimo: Odalisca

cinzas

Quando despertou, aquele monumento de ossos, músculos e carícias já não estava mais em sua cama coberta de suor e serpentinas. Como pagaria a conta do Motel, pensou, enquanto vestia o que restou de sua fantasia de odalisca…. (Ludmila)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    Um pensamento sobre “Conto Mínimo: Odalisca

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>