Conto mínimo: A caminho

Colecionava elefantes: indianos, africanos, cartagenenses, persas. De louça, madeira, cristal, pedra da lua, pedra da rua…
Todas as noites sentava-se sobre o carpete verde e admirava sua manada, viajando com ela pela imaginária floresta da sala.
Na primeira excursão demorou-se alguns minutos.
Na segunda, algumas horas.
Na terceira, já com experiência adquirida, guiou seus elefantes até o oásis escondido entre as dunas do jardim, e lá começou uma nova história.
(Ludmila)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    Um pensamento sobre “Conto mínimo: A caminho

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>