Poemas não verbais


Alcançar o momento
em seu claro labirinto
e desfrutar
a dor e a alegria
de nele estar presente.
Não procurar moedas de prata
nem as palavras
que já se foram
sem substituir o viver.
Emergir
e
quando suspenso
reluzir ao sol
como um peixe.

Neide Archanjo do livro Escavações

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>