A fecundação do verbo

Quero tocar-te com palavras vivas
Quero falar-te com palavras claras
Quero semear-te com palavras raras
Para que o verbo fecunde-se em nós
E renomeie a vida.
(Ludmila)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    6 pensamentos sobre “A fecundação do verbo

    1. Ludmila!!!Adoro esse lado poético seu!!!Adoro. Tão poucas palavras falando muito. Nâo adianta…essa é a minha preferencia, sempre.
      Marly

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>