Contos mínimos: A fada


Todas as noites ela vestia suas roupas de fada e deslizava, leve, pelos bosques de concreto e vidro, até encontrar o quarto onde seu amado dormia. Recitava, então, baixinho, as estrofes do encantamento. Transformada em brisa, apossava-se suavemente dos recôncavos daquele corpo, adormecendo feliz. Então sonhava. Sonhava que despia suas roupas de fada…
(Ludmila Saharovsky)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    6 pensamentos sobre “Contos mínimos: A fada

      • Sônia, querida!
        Coloquei suas palavras num vaso sobre meu criado mudo. Em segundos elas abriram-se em perfumado buquê. Seu perfume atraiu as borboletas e o quarto, vestido de jardim, exala delicado aroma que se espalha pela casa…Obrigada, minha linda, pelo milagre da amizade. Beijos!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>