Carolina Migotto, santeira


(Nossa Senhora dos Anjos, escultura em madeira de Carolina Migoto, dácada de 70, coleção de Ludmila Saharovsky)


(São Francisco de Assis,escultura em madeira de Carolina Migotto, dácada de 70, coleção de Ludmila Saharovsky)


(Presépio, escultura em madeira de Carolina Migotto, dácada de 70, coleção de Ludmila Saharovsky)

Na década de setenta, Carolina era casada com Zé Demétrio.
Enquanto Zé construía seus monumentos, Carolina, literalmente, bordava a madeira. Seus santos, esculpidos em madeiras nobres, possuíam detalhes mínimos, de uma leveza difícil de conseguir e de entender. Como era possível extrair uma arte tão delicada de grosseiros toretes de madeira? Pois Carolina possuía este dom. Seus trabalhos estão espalhados em coleções particulares e em museus do mundo inteiro, e eu, não só tive o privilégio de desfrutar de sua amizade tão preciosa, como também de adquirir algumas obras suas, que encantam a todos que as vêem e a mim também! No início da década de noventa, Carolina precisou parar de esculpir, por problemas de saúde adquiridos pelo esforço que fazia para trabalhar a madeira. Ela migrou então para a pintura primitivista, e produziu inúmeros quadros retratando as festas populares do Vale do Paraíba, também de grande poder artístico. Saudades, Carolina…saudades e todo o meu amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>