Exercícios na neblina III

Nebulosa, insondável, côncava
ela rouba as cores da paisagem
e a manhã não abre os seus dedos de luz.
Apenas espectros soldam-se
em seus canteiros de abismos.

(Ludmila Saharovsky)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>