A Dor


(Foto Vadim Stein)

A dor,
sombra negra que corta a claridade da manhã
e o silêncio denso da casa, pousa,
pesada e obscura no éter do tempo.
A dor,
vento seco do deserto, ela avança,
por entre dunas e oásis; ela avança,
coagulando a alegria.
A dor,
fel que escorre em caudaloso rio,
agulha que perfura as vísceras
e coze o medo, na minha carne viva.
(Ludmila Saharovsky)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>