Todo dia, era dia de índio…



(fotos Internet)
O dia do índio foi criado em 19 de abril de 1943 pelo presidente Getúlio Vargas: uma forma de conscientizar a população sobre a importância da contribuição dessa etnia para a cultura brasileira.
Na época do descobrimento do Brasil, aqui viviam 5 milhões de indígenas distribuídos em cerca de 1.000 povos.
Hoje restam em torno de 400 mil, pertencentes a 227 povos, que, graças à intervenção do branco, estão longe de sua antiga glória, pujança, liberdade e beleza, e no entanto…todo dia deveria ser dia de índio, dono dessa imensa terra Brasilis.
Alguns têrmos retirados do dicionário tupi-guarani
açaí: fruta que chora
aracy: a mãe do dia
arapuã: abelha redonda
arara: ave grande
avaré: amigo
canoa; embarcação a remo
capim: mato fino
carioca: casa de branco
cuica: rato de rabo muito comprido
curumin: menino
Guará: ave das águas
guaratinguetá: reunião de pássaros brancos
guarini: guerreiro
ibitinga: terra branca
iguaçú: lago grande
iracema: lábios de mel
ita: pedra
itajubá: pedra amarela
juçara: palmeira longa que dá palmito
nhenhenhém: tagarelice, falação
paraíba: rio ruim, que não presta para navegar
poti: camarão
Rudá: deus do amor
Tijuca: lama, charco, liquido podre

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>