Pra não dizer que não falei de flores





“Por vezes acordo em ti estremunhado como uma semente.
Cresço então – a sangrar.
Revejo-te e não sei o que serei: –
rosa, madressilva, medronho? Não importa.
Cheiras a terra e fazes-me crescer. ”

João Manuel Ribeiro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    Um pensamento sobre “Pra não dizer que não falei de flores

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>