Três espécies de almas, três orações

1. Sou um arco em tuas mãos, Senhor. Estenda-me para que não apodreça.

2. Não me estenda demais, Senhor. Quebrarei.

3.Estenda-me Senhor, e quem se importa se eu quebrar!

(retirado do livro “Testamento para El Greco” de Nikos Kazantzakis)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    2 pensamentos sobre “Três espécies de almas, três orações

    1. Edvaldo:
      Olá querida amiga. É… A vida é mesmo um sopro… E o curso de folclore está indo bem? Gostei muito: a Alma e sua Energia são imortais. Minha mãe… quantas saudades e lembranças. A nossa rua não era apenas uma rua. Lá no alto, antes das casas e dos prédios, "se podia conversar com Deus", olhando o bairro do Campo Grande lá embaixo, verdinho, verdinho, quase sem casas e o rio. Ah! o rio limpinho, limpinho… Vc viu, na Copa, reportagem sobre aquele lugar lindo, na África, que ficou conhecido como "a porta do céu"?! Pois é,não é… Histórias ou estórias? Logo tem mais sobre Pernambuco. Um das grandes amigas da minha mãe bem jovem ainda, entre 1938 e 1945 era dona Tecla, a favorita dos coronéis…Vou contar aguarde. Aguarde. Seu blog está lindo, lindo…Abraços e beijos. Fique com DEUS

    2. Edvaldo, que delícia ler você! Transportei-me no tempo e revisitei Campo Grande visto lá de cima, onde meus filhos jogaram muita bola. Hoje as casas construídas tampam a paisagem que, teimosa, segue intocável na lambrança. Bons tempos! Saudades de você!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>