Impressões Digitais – Edna Medici


EDNA MEDICI
A FOTÓGRAFA DA ALMA
Dona de um espírito inquieto e de uma curiosidade que a impele sempre a se renovar, Edna Médici, de repente, descobriu a fotografia e mergulhou nela com intensidade e paixão. Essa paixão que nos permite viver a vida em sua plenitude, que nos impele a ousar! Ousar e mudar!
E Edna atreveu-se e conseguiu. Conseguiu, através da fotografia, capturar muito mais do que um simples reflexo de imagem. Seu talento ímpar aliado a uma técnica perfeita, eterniza atitudes, revela sonhos, expõe nossa alegria, fantasias, liberdade, magnetismo, glamour. Edna nos permite despir-nos do cotidiano que sufoca e vivenciar sem medo nem pruridos nosso imaginário mais secreto; descobrir e mostrar nossa face oculta, nosso melhor ângulo, nossa liberdade de ser quem somos, com charme e sedução.
Creio que essa é a função da fotografia e do fotógrafo. Capturar a magia da vida e a revelar ao mundo em seus nuances mais invisíveis, mais etéreos e sutis.
Quem posa uma vez para as lentes de Edna, sai diferente. Sai revigorado. Sai amando-se mais e se entregando à vida com novo entusiasmo.
Edna Medici transpassa a aparência e fotografa a essência.
(Ludmila Saharovsky, para a apresentação da fotógrafa na Exposição “Eu peito”, na qual expôs mulheres que venceram a luta contra o câncer de mama)
Entrevista
A primeira impressão é a que fica?
A última é a que fica.
Quem tem brilho próprio?
Todos temos, a intensidade é que varia.
Qual o mapa da mina?
Ah, se eu soubesse…
O que parece mas não é?
Acho que isso é física quântica…talvez tudo!
Quando o antigo vira moderno?
Quando algum notável usa.
O que nunca perde o valor?
A amizade.
Como preservar a identidade?
Mudamos tanto…onde está a verdadeira identidade?
Real ou virtual?
O que é real e o que é virtual? Sentimentos não sabem.
O que os olhos não vêem…
….não existe!
Onde mora a beleza?
Nos olhos de quem vê.
Fotografar é…
Uma necessidade física e emocional.
Beleza é uma questão de estilo?
Sempre!
Como chegar ao topo?
Subindo…rs
Nada se cria, tudo se copia?
Se uma cópia for considerada uma coisa exatamente igual, não, pois sempre imprimimos algo pessoal no que fazemos.
Quando o negativo não vira positivo?
Quando não ensina.
O que a foto não revela?
O que não queremos revelar.
O que merece estar em foco?
A compaixão.
O que valeria a pena restaurar?
Valores morais.
Que perfil faz a sua cabeça?
O perfil de gente que faz acontecer.
PB, sépia ou multicores?
Você imagina sua vida em PB? Multicores!
O que sempre surpreende?
A crescente violência.
Onde a coisa pega?
Na mentira.
Dá para apagar fogueira de vaidades?
Definitivamente, não.
Quando as aparências não enganam?
Quando nossa experiência percebe o que está por trás.
O que nem photoshop resolve?
O bandido do programa é bom…
Que ângulo é mais revelador?
O da convivência.
Para quem estenderia um tapete vermelho?
Para todas as pessoas que efetivamente participam da minha vida me auxiliando.
Quem vê cara não vê coração?
Quem tem coração não vê cara.
Grande angular ou 3×4?
Grande angular!
Como registrar o invisível?
Pedindo pra mim….rs
Digital ou lambe lambe?
Sou da Era Digital, não saberia dar outra resposta: Digital!
Toda nudez será castigada?
Na minha ótica é sempre bem vinda, porém…
De quem seguiria os passos?
Primeiro preciso a firmeza dos meus.
Se fosse tirar uma única foto em sua vida, o que/quem seria?
Uma única foto na vida? Acredite, preferiria não fazer!
Defina-se em uma frase: Eu sou…
Perfeitamente Imperfeita!!!
(Ludmila Saharovsky)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    6 pensamentos sobre “Impressões Digitais – Edna Medici

    1. Edna é linda e admirável, seu trabalho é maravilhoso!

      adorei a entrevista Lu

      gosto da sua idéia de entrevistas no blog, estou curtindo

      beijo
      Ju

    2. Lu, quando duas mulheres inteligentes e brilhantes em suas áreas profissionais se encontram, o resultado só pode ser este: uma deliciosa entrevista! Parabéns por mais um texto digno da nossa Ludmila! Beijos, Flávia

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>