Impressões Digitais – Dyrce Araújo


Dyrce Araújo: Geminiana, professora, escritora, poeta, mãe, avó, amiga, confidente. Essa mulher, que é tantas, segue comigo, desde sempre, pelos caminhos do Vale, pelos caminhos da Vida, dividindo alegrias e tristezas, repartindo textos, revisando escritos, criando cursos e percursos. E, dentro desse universo mágico da escrita, ela vai se reinventando e nos alimentando com o pão das palavras que, generosamente, sempre tem para ofertar. Salve, Dyrce, minha amiga mais do que querida e parabéns pelo aniversário, dia 3 de junho!
Obras publicadas: “Quando a casa dorme” “Pecado Imortal” “Sagrada Paixão” “Nova Antologia da Poesia Brasileira” (pela Funarte)
É verbete no dicionário das escritoras brasileiras organizado por Nelly Novaes Coelho.

Antes arte do que tarde?

Sempre Arte, esta para a qual nunca é tarde e cujo tempo é o pulsar de Kairós, o tempo do coração.
Santo de casa faz milagres?
Esta é a minha crença. Meus santos são os de casa, os que escrevem a cultura deste Vale fértil e generoso de talentos. Hosana aos santos da casa, que rufem os tambores. Saravá!
Pessoa disse: tudo vale a pena, se a alma não é pequena…e se for?
Pobre Fernando Pessoa: o que há de alma exígua é um acinte. Alma pequena, que pena! Vade retro!
O que está sempre à flor da pele?
Os pêlos eriçados da Paixão.
Qual o limite da resistência?
Ainda não descobri. Resisto, resisto, re-existo.
Que texto merece ser passado a limpo?
As histórias do Brasil: a oficial, a oficiosa e a real. No pretérito perfeito, mais que perfeito, presente e futuro do pretérito. Cuidado também com os adjetivos. È isso.
Por quem passaria pelo túnel do tempo?
Por minha mãe, para vê-la dançando bumba-meu-boi na Amazônia de minha infância.
Livro real ou virtual?
Livro real, velho, novo, com caruncho, mas real.
Qual alimento sacia a alma?
Um banquete de arte. Estão convidados.
O grande poema é aquele que…
Instiga o intelecto e aumenta a pulsação.
Onde buscar inspiração?
Nas coisas do espírito, além, muito além do palpável. Onde estão os sons do Universo, a Árvore da Vida, a mágica dança do Cosmos.
O que qualifica um poeta: técnica ou inspiração?
Inspiração, expiração, respiração, piração, tudo isso com muita técnica e aprimoramento, pode crer.
Que livro gostaria de ter escrito?
“O jardineiro que tinha fé”, autora: Clarissa Pinkola Estés, a mesma que escreveu “Mulheres que correm como lobos”
O que merece revisão urgente?
A educação no Brasil: construtivismo, progressão continuada, argh! Viva a Caminho Suave! Socorro!!
Que historia não tem fim?
A da desigualdade social, a da fome e do frio, a do preconceito e da dor humana.
Quando a vida é um livro aberto?
A minha, nunca. Escondo-me nas entrelinhas. Detesto a super-exposição.
Um verso inesquecível:
“Já nos dissemos tudo e ainda há tanto a calar.” (Carlos Vogt)
Viver é…
Perigo eminente, frio na espinha, mas danado de bom.
Morrer é...
Arrancar da pele todas as palavras.
Clássico ou contemporâneo?
O clássico é, eternamente, contemporâneo. Esta é a grande sacada.
Como administrar a insustentável leveza do ser?
Não economizando sonhos, projetos, trabalho, aconchego, cafuné na nuca, massagem nos pés. Repartindo o perfume da sopa em noites frias e permanecendo criança.
Sem talento há solução?
Sem talento, dissolução. Basta olhar em torno…
Quem merece estar em foco?
Os que aliam talento e inteligência à alteridade, sentimento que vai além da solidariedade e que nos coloca no lugar do outro. No mais, muito obrigada.
Defina-se em uma frase: Eu sou:
Eu sou o enigma que me habita.
(Ludmila Saharovsky)

Dyrce disse:
Lud,minha querida,que presente,que presente.Só mesmo você para tal ternura e sensibilidade.Lágrimas…Obrigada para sempre.Beijos,Dyrce

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    

    4 pensamentos sobre “Impressões Digitais – Dyrce Araújo

    1. Parabéns Dyrce, pelo aniversário e pela excelente entrevista. O carinho que a Ludmila tem por você é contagiante. Grande abraço do Livingstone

    2. Querida Dyrce,como diz Charlie Chaplien, "A beleza existe em tudo – tanto no bem como no mal. Mas somente os artistas e poetas sabem encontrá-la."
      Parabens por toda a beleza que encontrou!

    3. …bem, alguns podem me chamar de suspeita, mas simplesmente sou fã número um dessas mulheres, expressões vivas de pura arte, sabedoria…dentre tantos trabalhos maravilhosos, há esse, que se bem me lembro foi chamado de "Em Focu", no "O Tablóide Cultural", onde entrevistas são feitas com engenhosas e enlouqüentes perguntas e respostas mais ainda fantásticas nos surpreendem…um exercício de reflexão, onde não somente percebemos o entrevistado, como também o entrevistador…uma sugestão, tia Dirce: que tal você colocar mammy "Em Focu"?!…aguardarei anciosa este post…P A R A B É N S !!!…

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>